Comunidade Fortaleza – CEFLI

Esse site tem por objetivo divulgar notícias sobre a Comunidade Fortaleza e os preparativos para o Encontro Para o Novo Horizonte.

Fotos da Fortaleza por Lou Gold.

A Comunidade Fortaleza

ASPECTOS GERAIS

Sob a liderança de Luiz Mendes a comunidade Fortaleza possui cerca de 20 moradores entre familiares, amigos e congregados que desempenham atividades ecológicas, extrativistas, agrícolas e artesanais.

As atividades comunitárias estão basicamente ligadas à agricultura de subsistência cultivando pequenas plantações de arroz, feijão, milho, macaxeira, banana, frutas, verduras e hortaliças. Para o desenvolvimento dessas atividades, a comunidade conta com pequenos mutirões realizados pelos seus moradores além de um pequeno trator, uma plantadeira mecânica e um arado cedido em termo de comodato pelo Governo do Estado do Acre para auxiliar nas tarefas comunitárias. A comunidade também trabalha na fabricação de móveis artesanais, rapé, lambedor além da criação de animais domésticos e peixes. Realiza também atividades extrativas como: coleta de castanha e açaí além de outros produtos da floresta Amazônica.

A religião dos moradores da comunidade é a Doutrina do Santo Daime. É na sede do Centro Eclético Flor do Lótus Iluminado – CEFLI que acontecem os cultos religiosos que obedecem a um estatuto, um regimento interno e um calendário religioso anual.

O cotidiano da comunidade está basicamente ligado as atividades da agricultura e do extrativismo, plantação e cultivo de Jagube e rainha (plantas usadas  na preparação do Santo Daime, bebida utilizada nos rituais religiosos do  CEFLI), preservação ambiental e desenvolvimento sustentável.

A Comunidade Fortaleza é uma gleba de terra cedida pelo Instituto de Colonização e Reforma Agrário-INCRA, que faz parte do Programa de Reforma Agrária do Brasil. A Fortaleza obedece ao código ambiental brasileiro e ao mesmo tempo, associa a preservação ambiental ao termo sustentabilidade.